Au pair en France

Au pair en France

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Le Monde

Como o meu ritmo tem aumentado a cada dia, tem ficado dificil postar diariamente, como fazia antes. Sendo assim, tenho muita coisa pra falar hoje.Uma delas eh a cobertura do Festival de Cannes foi fantastica, especialmente aqui em casa que temos tv a cabo. Alias, ontem assisti a reportagem sobre a Sandra Corveloni, eleita melhor atriz. Achei bacana, pelo menos uma noticia boa do Brasil! Falando nisso, Angelina Jolie anunciou que vai ter o bebê na França. E essa noticia eh capa de todas as revistas estilo Ti-ti-ti. Minha vida vai mudar demais se ela tiver a criança aqui ou nos EUA... ngm merece dar foco pra isso.

Aqui ta um problema serio com relacao a alta dos combustiveis. Eu tenho sofrido na pele esse aumento. Quando cheguei aqui, a gasolina que uso custava 1,38€. Na semana passada ela aumentou na segunda, terça, quinta e domingo. Ou seja, 4x em uma semana. O preço de ontem era 1,48€. Hoje ja deve ter subido de novo. O Jornal Nacional, inclusive, fez uma reportagem sobre as consequencias desse aumento. Greve de caminhoneiros e pescadores, que dependem do combustivel para trabalharem. Sarkozy ta uma fera e todo dia ouço entrevistas com ele, sem saber pra onde correr.

Como ta ficando dificil andar de carro agora, hoje vou aprender a andar de VTT. Eh uma bicicleta profissional, pra quem pratica esporte em montanhas, etc. Vou começar a ir pra aula de bicicleta pra nao ter que ficar gastando meu salario em gasolina, como aconteceu esse mes. Alem de tudo, eh bom que eu comece a me exercitar pra perder os quilos que ganhei aqui.

Semana passada, os avos maternos vieram pra ca. A Janete, que chamamos de Jaja, eh um amor, assim como o avo de Remi. Mas ela eh um retrato dos franceses, eh verdadeiramente impressionante. Ansiosa, apavorada e reclamona. Nao eh uma velha chata. Ela eh desesperada, faz uma enorme tempestade em copo d agua e tuuuuudo eh motivo para dizer: NAAAAAAAAAAAAO, cuidado!!

Ela acorda as 6h, vai botar a mesa do cafe pra nos, que soh vamos toma-lo por volta de 8h30. As 7h ela ja quer acordar a casa toda pq Remi tem aula as 8h30 e ela tem medo dele chegar atrasado na escola, que fica a 5 minutos de casa. Vinte minutos antes de sairmos, sem estarmos atrasados, ela ja endoida meio mundo e nao deixa ninguem conversar, alertando que eh hora de partir porque o BEBEEEEEE vai chegar atrasado. Dentro do carro, outro terrorismo: - "Lorena, vc veja se o cinto de segurança esta bem afixado porque ele eh BEBEEEEEEE e pode cair da cadeirinha! Tenha atençao com ele". Nem preciso dizer nada e vcs imaginem a minha cara de: - "Vou te jogar do terceiro andaaaaaaaaaaar, sua doida, o menino tem quase 4 anos!". Na volta da escola, outras mil recomendaçoes antes de sair pra busca-lo. Se esta chovendo, nuuuuuuuuuuuuuussa mae!! Ai o mundo acaba!! - "Nao esqueça de levar a sombrinha pra nao molhar o BEBEEEEEE pq ele pode pegar uma gripe que pode se transformar em pneumonia e ai vc vai ter que ir pro hospital e ele pode pegar uma infecçao hospitalar e ai, bla bla bla...." CHEEEEEEEGAAA! Ja entendiiiiiiiiiiii!!! A partir dai voces imaginam o resto do dia, como eh bacana ao lado dela! kkkkkkkkk! Nath tem tanto desespero em ouvir essas maluquices, que nao fica perto dela e qd ela começa a falar, responde: - "OK, mamae, chega." Os franceses sao bem desesperados como ela. Tudo eh motivo de apavorar todo mundo, sem ter ao menos UM motivo. Mas eu ja me habituei... 3 meses aqui, nao eh pra menos!

Pra nao fazer um post muito grande, vou resumir meu fim de semana. Sabado fui pra Grenoble. Fica a 50 km daqui, somente. Super diferente de Annecy. Tem 570 mil habitantes, enquanto Annecy tem 50 mil. Ou seja, me senti num formigueiro pq ja desacostumei a ver tanta gente junta. A arquitetura de Grenoble eh fantastica... mas nao eh pra menos, foi fundada em 43 a.c. Eh a capital do departamento de Isère (eu to no departamento de Haute-Savoie) e eh uma cidade universitária, onde a gente pode ver muitos jovens. Depois de Lyon, é a segunda maior metrópole da região Rhône-Alpes, a titulo de informaçao.

Grenoble tem 214m de altitude e eh considerada a cidade mais plana de França, sendo atravessada pelos rios l'Isére e o Drac. Coloquei fotos no album da cidade e do museu de Grenoble, onde estive tambem. No caminho para Grenoble, tem uma cidadezinha chamada Aix-Les-Bains, onde tem o maior rio natural da França. Uma graça de cidade tambem, vejam la.

Bom, acho que devo parar por aqui, ne? Adorei os comentarios e espero recebe-los sempre! Beijao e super saudades!

2 comentários:

papoula disse...

Branca descobri a origem de sua mãe e de tia Da .Elas são da França pode ter certeza disto.Enquadram perfeitamente neste perfil...Apavoradas , stressadas.....kkkkkkkkkkkk Bjs

Anônimo disse...

Oi Branca,eu conheço alguem igualzinho aqui..vc sabe de quem estou falando...bj.Moty