Au pair en France

Au pair en France

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Mundo cinza....

Durante 15 dias minha casa ficou diferente : mais barulhenta, mais animada, mais pirracenta, mais comilona, mas bagunçeira. E mesmo assim foram dias maravilhosos. Minha irma Nanda veio com sua princesa Larissa e seu principe Gabriel me visitarem e animarem nosso pequeno apErtamento. Chegaram aqui dia 25 de dezembro, em pleno Natal!

Nesses dias ouviamos as crianças pronunciarem a palavra MAE umas 40 vezes por minuto e minha rotina e a de Bruno se resumia a ver Papai Noel, feirinhas de Natal, animais e parquinhos. Ja estamos treinados e sabemos exatamente onde ir quando tivermos nossos filhos. Kakaka !

Revivi minha rotina de au pair novamente e ontem, quando eles foram embora, senti a mesma tristeza que havia sentido antes quando fui embora da casa da familia au pair. Primeiramente muitas saudades e depois aquela sensaçao estranha : a casa fica vazia, falta barulho, bagunça, risada de criança e a companhia da minha querida irma.

Vai ser esquisito nesses primeiros dias chegar em casa e ver tudo arrumadinho, nem carrinho de bebê, nem nenhum barulho, nem sapato sujo, nem lego pra casa toda e nem nenhuma besteira pra comer nos armarios da cozinha, por ex chocolate, chips, biscoito recheado e frutas açucaradas.

Vai ser estranho também dormir sem ouvir os esporros de Nanda dizendo pros meninos : «Eu nao estou de brincadeira, ja é hora de dormir !! Nao trago mais agua e nem volto mais aqui no quarto, entenderam? » E do quarto a gente ouvia Larissa aos beeeeeerros fazendo pirraça. E na sala nos rolavamos de rir da pirraça que sempre terminava bem: ela dormia chorando e acordava de carinha sempre boa no dia seguinte às SEIS e pouco ou SETE e pouco da manha, nada mais do que isso.

Ah, vida… porque estamos todos tao longe assim?

Termino aqui, ja triste de saudades dos meus amores e da minha irma.

Ps : Ah ! Meninas au pairs, nao reclamem. Vocês vao ver como é duro ir embora da familia e ter que deixar as crianças.


Nanda, Gabriel e Lala

5 comentários:

Nadja Saori disse...

é muito gostoso mesmo. Sinto uma saudades enormes das minhas crianças holandesas, mas eles disseram que virão visitar provavelmente no fim deste ano. Seria ótimo!!!
Beijoooos

Aupair disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aupair disse...

AFFFE apaguei sem querer o outro comentário que eu tinha deixado aqui haha Bom, eu só fiquei triste quando saí de UMA família até hoje - as outras dei graças a Deus que tava indo embora! E em outra família, fiquei triste porque não ia mais ver os cachorros pois a gente já era tipo melhores amigos de infância (risos) Ah, seus sobrinhos são lindos! Beijos e aproveite os "soldes" :)

Anônimo disse...

Ei, Lo!!! achei lindo o que vc escreveu! Estamos morrendo de saudades!!! foram dias ótimos. Obrigada por tudo! Te amo. Nanda

shymup disse...

Lo, tem tanto tempo que nao entro no meu blog e por falta de tempo, apesar de viver na web!
lo, qdo eu vi esse jornal aqui em casa, eu pensei em muitas coisas! e me deu um UP uma garra de continuar a ser o que eu sempre fui, escritor, pensador, jornalista curioso. saudades foi pouco... foi um periodo de vida que nao volta mais! pra frente sempre! pois eh!