Au pair en France

Au pair en France

sábado, 13 de setembro de 2008

Curtas

Entao, gente, o papa esta aqui. Quando vejo a minima quantidade de fieis que o seguiram fico decepcionada de saber o quao ateu é esse povo aqui. Acho que por isso sao tao ranzinzos, reclamoes. Coraçao gelado, sem um minimo Deus pra confortar nos momentos dificeis e pra agradecer depois de um presentao. Sei la...nao quero falar muito sobre isso porque pode gerar polemica aqui. Foi soh um comentario ao meu ponto de ver. Alias, o presidente daqui esta aproveitando pra aparecer mais e mais na midia. Ele adora uma camera. A esposa idem.

***

Estou louca pra chegar segunda e embarcar pra Alemanha. Alem das malas eu tb to pronta tb pra relaxar e esquecer do mundo. Criança cansa a beleza da gente, vou te falar... sobre a cirurgia do Remi, correu tudo bem, graças a Deus. Ele esta se recuperando muito bem e ja ta pronto pra outra! kkk!

***

Sobre a escola, dei a sorte de ter a melhor prof da escola. Terça apresentei um trabalho oral sobre 10 metodos de preservaçao da natureza. Tirei da Voce S/A que mamae me mandou pelo correio. Minha nota foi 18, valendo 20. Fiquei muito feliz e sinto realmente que meu progresso é real. Por falar nisso, tem uma goiana na minha sala, a segunda que conheço aqui em Annecy. Au pair tambem, alias. Por falar em Annecy, o frio ja esta dando as caras. Hoje fez 16°C, suficiente pra me deixar bem mal humoradinha, realmente nao tenho resistencia pra isso. No inverno, nao quero nem ver. - 8°C. Socooooooooooooorro!

***

Como estou ha meses comendo comida congelada ou enlatada, propus fazer um frango com batata e angu. Pedi pra comprarem o frango inteiro e batatas de verdade, alem do coloral. O frango e a batata ate que estavam legais, mas o coloral que compraram é liquido e mostrava as cores verde, amarelo e vermelho. Seguindo minha receita para temperar o frango, abri o coloral vermelho e misturei. Para minha surpresa, o coloral era ROSA, nao vermelho. Quando vi aquele frango, meio barbie, meio pantera cor de rosa, quase dei uma cria. Peguei o amarelo e misturei. Piorou, metade do frango estava rosa, metade amarelo. Ai entreguei os pontos e fiz assim mesmo. A minha sorte foi que ficou delicioso e consegui agradar os pais aqui. O angu fiz com um po meio grosso, tipo um grao de canjiquinha. Fuba acho que eles nunca nem ouviram falar... Apesar do meu aperto, achando que o angu ia virar outra coisa, funcionou!

O meu proximo desafio é fazer um pudim. Tentei fazer outro dia uma caçarola e deu tudo errado. Alias, ela saiu, mas eu sou tao cabeçuda que coloquei o queijo Raclete, o mais forte que tem na frança. Ou seja, a impressao é que a gente tava comendo queijo puro com açucar. Um horror.... Elisangela, Teresa, se tiverem sugestoes pra eu fazer aqui, aceito com todo prazer!! au secours!!

***

Essa época, que faz frio e faz calor, os alpinistas aproveitam para escalar. Resultado: soh nesse verao ja perdi as contas de quantos ja morrerm. Ontem um morreu congelado, acreditem. Eh soh assim que morrem, ou de velhice ou tentando escalar! kkkk! pq sequestro relampago e assalto, neca, graças a Deus!

Bem, boa noite, meus amores e ate a Alemanha!

6 comentários:

Anônimo disse...

Lorena, parabéns pelos resultados na escola ! Aprender uma língua é sempre estimulante - é mergulhar numa nova cultura, numa nova forma de vida.
Sobre religião é melhor falar pouco - mas como eu não sei falar pouco, só posso dizer que esse papa aí não dá, não é ? Papa hoje tem que ser carismático para a mídia, e esse aí parece um repolho murcho e mal - humorado. Além disso, ele foi inquisitor do Frei Leonardo Boff, quase um torturador do Boff no processo de expulsão do Boff da Santa Igreja Católica.
Parabéns também pelos dotes culinários -- um frango pink e amarelo não é algo fácil de se imaginar nem de comer, eu suponho ! E queijo com açucar - meu Deus !
Boa viagem pra Alemanha - longe das crianças !
Ah - sobre o alpinismo ou montanhismo ou andinismo (aqui na América do Sul devia ser andinismo)- o Globo Repórter de ontem mostrou uma equipe subindo o Everest - quer dizer, nem sei se subiram, não assisti, mas era sobre o caminho da subida ou whatever. Lembro de ver numa chamada um monumento em homenagem ao Negretti, Victor, um brasileiro que subiu o Everest sem oxigênio (a modalidade mais dificil) chegou no topo e morreu na volta. Seu corpo continua no alto da montanha até agora, soterrado por uma avalanche. Parece que há algo de inebriante no ato de escalar e vencer uma montanha.
Beijao
Joao

Anônimo disse...

Oi Lo,dei boas gargalhadas com seu frango pantera quase cor de rosa,angu de canjiquinha e queijo açucarado...vai tentando,assim começaram os melhores chefs,inclusive os franceses.Te amo.Moty

Anônimo disse...

Oi Lorena! Meu nome é Lidia e eu gostaria de trocar umas idéias com vc sobre o trabalho de au pair na França! Por favor, envie um e-mail para mim lidiaconde@yahoo.com
Obrigada!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Lo, lendo seu post lembrei de uma cena da Peça "Nóis na Fita" qua assiti no Rio!
Dá uma assistida aí:
http://www.youtube.com/watch?v=LAnMDApkT50
Beijocas!!
Vanessa.

Elisangela disse...

Lorena, voltei pra casa, agora to atolada resolvendo as pendencias e lavando as roupas sujas, mas vou te ligar. Quando eu era au pair, eu também so comia comida congelada e enlatada, no inicio achava uma revoluçao comer purée de batata em po, mas depois passei a achar tudo isto "disgusting". Comprei um livro de receitas e comecei a tentar a fazer as mais faceis, desta forma, comecei o que chamo de "experiences culinaires" e quem provava acabou gostando. Hoje sou quase um "cordon bleu" e compro sempre que posso revistas de culinaria e sempre convido os amigos para provas os novos pratos. O lado bom de tudo isto é engordar menos, comer bem, se familiarizar com o vocabulario culinario, aprender a fazer e comer o que existe de melhor da culinaria francesa e agradar o paladar dos convidados. Tenho um presentinho pra ajuda-la na cozinha. Bisous et à bientôt!